Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
22 Feb18:22

Último dia de pré-Carnaval sem registro de ocorrências graves

Serviços da Prefeitura funcionam bem e Barra amanhece limpa para primeiro dia oficial de folia

Os serviços da Prefeitura atuaram de forma ostensiva em mais uma prévia do Carnaval 2017. A Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) coletou 56,4 toneladas de resíduos sólidos durante o Pipoco, novo evento do calendário pré-carnavalesco da capital baiana, realizado na terça-feira (21), na Barra, que também contou com shows no Palco Skol. Para a limpeza das vias foram utilizados 700 litros de detergente e 350 litros de água. Os agentes do órgão atuaram entre 2h e 8h desta quarta-feira (22), com nove equipes compostas de 198 colaboradores, nove caminhões compactadores e oito carros-pipa. Além disso, a festa ocorreu sem registro de ocorrências graves.

Confira o balanço dos demais serviços que operaram durante a folia pré-carnavalesca na Barra:

Saúde - No decorrer do evento, o módulo especial montado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no Farol da Barra contabilizou 41 ocorrências, sendo 30 registros clínicos, sete de traumas ortopédicos e três procedimentos cirúrgicos - inclusive um folião com trauma na face que foi atendido pela equipe de cirurgiões bucomaxilofaciais. Do total, apenas três pacientes necessitaram de remoção para unidades de saúde externas, como a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) dos Barris e para o Hospital Geral do Estado (HGE), para realização de exames complementares e continuidade ao tratamento. A partir desta quinta-feira (23), às 19h, todos os 10 módulos instalados pela Prefeitura nos principais circuitos da folia funcionam ininterruptamente até a Quarta-feira de Cinzas.

Trânsito e transporte - Seis veículos foram removidos por estacionamento irregular pela Transalvador, na noite de terça-feira. O entorno do circuito foi interditado totalmente por 11 barreiras de trânsito, sendo fiscalizado por 25 agentes e monitorado ainda por meio do Núcleo de Operação Assistida (NOA).

Durante a festa, 164 condutores foram abordados na blitz de alcoolemia. Destes, 18 foram notificados com base na Lei Seca por consumo de até 0,29 mg de sangue por litro de ar expelido, gerando seis remoções de veículos ao pátio e 17 habilitações retidas. No período, uma pessoa foi encaminhada a uma delegacia por consumo de álcool além de 0,34 mg/L, o que é considerado crime de trânsito.

Em mais um teste da operação de transporte - que durante a folia distribuirá 2,6 mil ônibus - a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) informa que, até 2h desta quarta-feira (22), cerca de 200 mil pessoas foram transportadas pelo sistema público de transporte.

Fiscalização - Em vistoria realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), 32 estabelecimentos foram fiscalizados, resultando na emissão de 17 notificações e 28 advertências verbais. Durante a ação, foram removidos 38 artefatos publicitários que estavam em desacordo com o patrocinador oficial da festa - seis banners, oito placas, seis faixas, 12 sombreiros, um cavalete, três engradados de bebidas, um freezer e três engenhos luminosos irregulares.

Atuando em apoio às operações dos demais órgãos da Prefeitura, a Guarda Civil Municipal ainda realizou diversas intervenções em brigas e prestou apoio à população, atendendo a denúncias sobre suspeitos de praticarem furtos e roubos no perímetro da festa. No trabalho em conjunto com a Semop, por exemplo, foram retiradas de circulação cervejas em embalagens de vidro, entre outras bebidas em recipientes não permitidos.

Foram realizadas ainda ações conjuntas para aferição sonora no trio elétrico da Timbalada e no Palco Skol, onde se apresentaram os cantores Saulo Fernandes e Léo Santana. Em nenhum dos casos houve necessidade de condução de indivíduos para delegacias ou postos avançados da Polícia Militar.

© 2017, Prefeitura de Salvador.