Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
28 Feb18:10

Transporte público atende a 6,1 milhões de usuários durante Carnaval

Já foram transportados 6,1 milhões de pessoas até o momento pelo sistema de transporte público de Salvador, o que inclui ônibus, ascensores e táxis, durante o Carnaval. A linha Calabar-Lapa já transportou 500 mil passageiros até a manhã desta terça-feira (28). A fluidez do trânsito e a facilidade de acesso dos foliões à Barra pela Avenida Centenário, com a criação da linha gratuita Lapa-Calabar, foram apontados pelo secretário de Mobilidade, Fábio Mota, como os principais pontos positivos deste Carnaval.

Os números foram apresentados em coletiva nesta terça, na Sala de Imprensa Oficial do Carnaval, no Campo Grande. Participaram também da coletiva o secretário da Saúde, José Antonio Rodrigues Alves, e o diretor de de Serviços de Iluminação Pública da Prefeitura, Bruno Barral.

“A operação de transporte foi um sucesso por conta desta nova ideia (linha Lapa-Calabar). Tiramos 119 ônibus que circulavam por hora pela Centenário, facilitando também a vida do folião que se desloca até a Lapa com rapidez e tranquilidade”, comemorou Mota.

O secretário destacou também o crescimento do Expresso Salvador, que teve aumento de 40% de usuários neste ano. Até a manhã desta terça, já foram transportados 75 mil foliões que estacionaram no Salvador Shopping e no Salvador Norte Shopping. A previsão de Mota é que até o final do Carnaval este número chegue a mais de 100 mil passageiros.

Saúde - O Carnaval de Salvador chega ao último dia com queda de 19,6% no número de atendimentos médicos. Desde o início da festa, na quarta-feira, até a manhã desta terça-feira, os módulos de assistência à saúde montados pela Prefeitura nos circuitos oficiais do Carnaval registraram 4.209 atendimentos, 1.027 a menos que no mesmo período do ano passado. Os dados foram apresentados pelo secretário da Saúde, José Antonio Rodrigues Alves. “Os números demonstram que temos um Carnaval mais tranquilo. É interessante notar que registramos 28% a menos nos atendimentos de agressões na cabeça e pescoço, 26% a menos de atendimento por questões ortopédicas e 18% a menos em procedimentos cirúrgicos”, destacou o secretário.

Iluminação –  A instalação de 6.200 pontos de luz nos circuitos principais e nos bairros tornou o Carnaval de rua de Salvador mais iluminado do que um estádio de futebol. “Um estádio tem em média 800 lux (medida de intensidade da iluminação), enquanto em nossos circuitos temos de 1.000 a 1.200 lux, o que colabora com a sensação de segurança dos foliões”, informou Bruno Barral, diretor de Serviços de Iluminação Pública da Prefeitura.  A iluminação instalada especialmente para o Carnaval representa um acréscimo de 4%  no sistema da cidade, que tem 170 mil pontos de luz.

© 2017, Prefeitura de Salvador.