Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
04 Feb14:47

Tranquilidade marca primeiro dia do Carnaval 2016 em Salvador

Balanço é apresentado pelo prefeito e órgãos envolvidos na operação da festa

Tranquilidade foi a palavra de ordem do primeiro dia oficial do Carnaval 2016 em todos os circuitos da folia em Salvador. Das 6h de ontem (03) até às 6h da manhã de hoje (04), o Setor de Estatística da Guarda Municipal (Seest) registrou 34 atendimentos e três ocorrências. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realizou 63 atendimentos, sendo 57 clínicos, três cirúrgicos e três ortopédicos. As principais causas de atendimento foram por intoxicação alcoólica; cefaleia; aferição de pressão e dor abdominal, e a faixa etária predominante foi de 20 a 29 anos. Apenas três paciente necessitaram de remoção para unidades hospitalares para realização de exames complementares e avaliação com especialistas.
 
Os números de balanço foram apresentados pelos secretários e dirigentes de órgãos públicos envolvidos com a festa em reunião que aconteceu no Palácio Thomé de Souza, comandada pelo prefeito ACM Neto. "Fico feliz que foi um primeiro dia tranquilo e com muita paz, com poucas ocorrências. Acredito que isso se deve também ao fato de termos oficializado a quarta-feira como abertura do Carnaval e disponibilizado toda a infraestrutura necessária da Prefeitura nesse dia, e não apenas na quinta-feira de folia", argumentou o prefeito à imprensa.
 
Mobilidade e trânsito - No quesito mobilidade, mais de 1,3 milhão de pessoas utilizaram o transporte público. O Elevador Lacerda, que opera gratuitamente no Carnaval, foi utilizado por 9.045 cidadãos. Outras 3.360 pessoas preferiram pegar um dos 840 táxis que operaram nos circuitos. Para a Secretaria de Mobilidade (Semob), toda a operação ocorreu tranquilamente.
 
A Transalvador aplicou 41 notificações e removeu dez veículos ao pátio da autarquia. Para liberação do veículo, o proprietário deve comparecer ao pátio da GTran, localizado no Vale dos Barris, munido de documento oficial de identificação (com foto) e o documento do veículo (atualizado). Além disso, ele deve pagar a taxa do reboque (R$ 309,17) e a permanência no pátio (R$ 49,48 por dia).
 
Fiscalização - A Secretaria de Ordem Pública (Semop) apreendeu 1.679 itens irregulares, a exemplo de pranchas de mão e de supermercado e espetinhos de churrasco, além de 25 litros de bebidas acondicionadas em recipientes de vidro e 120 de “príncipe maluco”. Durante a operação, também foram apreendidas 1.490 unidades de bebidas em lata, bancos, lonas, caixas e cadeiras plásticas, engradados vazios, isopores, um fogão e outros utensílios domésticos. Os produtos e materiais irregulares se encontram no Setor de Guarda de Bens Apreendidos (Avenida San Martin), podendo ser retirados por seus proprietários após pagamento das multas correspondentes.
 
A Secretaria de Urbanismo (Sucom), por sua vez, realizou seis autos de infração, uma interdição, um monitoramento sonoro de trio elétrico e 80 notificações. Foram apreendidos quatro blimps da Itaipava que estavam sendo exibidos dentro do bloco Xupisko, que desfilou no Circuito Dodô. Os responsáveis pelo bloco, bem como a cervejaria, foram multados por exibirem publicidade sem autorização da Secretaria. A multa para esse tipo de infração é de R$ 4.849,74 por blimp e o material apreendido só será devolvido depois do Carnaval.
Salvamar e limpeza - Durante todo o dia de ontem (3), a Coordenadoria de Salvamento Marítimo (Salvamar) registrou 18 ocorrências envolvendo banhistas nas praias entre o trecho que compreende o Jardim de Alah e Praia de Ipitanga e no Circuito Dodô (Barra/Ondina). Foram oito ocorrências de pré-afogamentos nas praias que compreendem o circuito e dez entre o Jardim de Alah e Ipitanga. Já a Limpurb recolheu 84,5 toneladas de lixo nos circuitos da folia.

© 2017, Prefeitura de Salvador.