Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
27 Feb18:17

Testes rápidos detectam 21 casos de HIV durante Carnaval

Vinte e um diagnósticos positivos para HIV. Esse é o balanço parcial dos atendimentos registrados pelo projeto Fique Sabendo até o momento durante a folia. Foram submetidas ao procedimento 825 pessoas, com a realização de 3,3 mil testes realizados, detectando 98 reagentes para sífilis, oito para hepatite B e três para hepatite C. Os serviços continuam sendo oferecidos gratuitamente ao público através das unidades instaladas no Multicentro Carlos Gomes, no Circuito Osmar, sempre das 10h às 21h, e num módulo montado exclusivamente para estratégia na Rua Dias D'Vila, próximo ao Farol da Barra, no Circuito Dodô, das 10h às 22h.

Homens - A novidade esse ano tem sido o aumento do número de homens que tem buscado os serviços para realização das testagens. Dos 825 usuários da estratégia até o momento, 525 foram do sexo masculino, quase o dobro da quantidade de mulheres que realizaram os exames. "Geralmente, quem procura nossos postos para fazer os testes rápidos para detecção das DSTs são mulheres. Mas esse ano os homens estão liderando a busca pelos exames, o que é muito positivo", explicou o secretário municipal da Saúde, José Antônio Rodrigues Alves.

Os pacientes reagentes para sífilis iniciam o tratamento no próprio circuito da folia. Já os usuários com sorologia positiva para outras DSTs são encaminhados para unidades de referência do município para tratamento gratuito integral.

Sexo seguro - Para estimular a prática do sexo seguro e prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) durante o carnaval, a Prefeitura montou um esquema especial que assegura a cada mil metros dos percursos oficiais um posto onde o cidadão pode solicitar gratuitamente o preservativo. Até o momento, já foram distribuídas mais de 700 mil unidades de camisinhas aos foliões nos circuitos oficiais da festa.

© 2017, Prefeitura de Salvador.