Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
03 Feb15:00

Sala de Imprensa Oficial do Carnaval faz homenagem a dois fotógrafos

Espaço que será aberto na sexta-feira (05) reverencia os homenageados

Pelo segundo ano consecutivo, a Sala de Imprensa Oficial do Carnaval de Salvador homenageará duas personalidades. Os escolhidos em 2016 são os fotógrafos Valter Lessa e Anízio Carvalho, ambos com quase 60 anos de dedicação à imprensa baiana e brasileira. A sala vai funcionar novamente na Praça 2 de Julho, no Campo Grande, próximo às cabines de rádio e ao Camarote Oficial da Prefeitura, oferecendo toda a estrutura de trabalho necessária aos profissionais. A abertura será a partir das 9h de sexta-feira (05). As cabines de rádio começarão a funcionar a partir do mesmo dia e horário.

Com aproximadamente 60 metros quadrados de área, a Sala de Imprensa Oficial do Carnaval é totalmente climatizada e subdividida em redação, espaços para entrega de credenciais, coordenação da Assessoria Geral de Comunicação (Agecom) e coletivas. Os profissionais terão à disposição 30 computadores com acesso à internet e programas para edição de texto, áudio e fotografia. Além disso, 10 linhas telefônicas e duas impressoras estarão à disposição da imprensa e dos funcionários da Agecom.

Homenageados - Natural de Itapipoca, no Norte do Ceará, nascido em 31 de janeiro de 1932, Lessa iniciou a carreira aos 18 anos no município de Jequié, no Sudoeste baiano, como desenhista. Dois anos depois, em 1952, fez seu primeiro trabalho como fotógrafo, na inauguração do Grande Hotel de Caldas de Cipó, “com a presença de Getúlio Vargas”, como gosta de frisar. Além disso, ele trabalhou por 11 anos no jornal A Tarde, passando ainda em O Povo, de Fortaleza, Jornal da Bahia e correspondente na Manchete. Valter Lessa trabalhou ainda como Relações Públicas no Departamento de Estradas e Rodagens da Bahia (Derba). "Me orgulho muito de ter sido o pioneiro na Bahia a utilizar recursos como as lentes teleobjetivas e grandes angulares, além de ser o primeiro a fazer fotos aéreas no estado", comentou.

Já Anízio Carvalho nasceu em Conceição da Feira, no Sertão baiano, e veio muito novo para Salvador, onde trabalhou como laboratorista para o fotógrafo russo Leon Rosemberg. Segundo ele, sua primeira tentativa de captar uma imagem ocorreu antes dos dez anos, quando tentou desenhar sua própria imagem refletida num espelho de sua mãe. "A partir daí já surgiu essa fagulha em mim. Tudo que veio depois, graças a Deus, eu devo à fotografia", disse. Além do Jornal da Bahia, Anízio trabalhou ainda para as revistas Manchete, O Cruzeiro e Fatos & Fotos, todas como correspondente.

Curiosamente, Anízio e Lessa entraram em uma redação de jornal no mesmo ano: 1957. Anízio no Jornal da Bahia e Valter em A Tarde. "Com essa homenagem estamos reverenciando todos os profissionais de imagem que trabalham divulgando o Carnaval de Salvador para o Brasil e o mundo. São dois profissionais que marcaram a história do jornalismo baiano e que são queridos por todos da área", afirmou o chefe da Agecom, o jornalista Roberto Messias.

© 2017, Prefeitura de Salvador.