01 Mar23:39

Quase 6 mil bebidas são apreendidas em depósito clandestino na Barra

Um total de 5.908 unidades de bebidas foi apreendido durante ação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) neste início oficial de Carnaval em um depósito clandestino na Rua Afonso Celso, na Barra (Circuito Dodô). O local faz parte da área de restrição comercial durante os dias de festa.
Foram 98 caixas de cerveja de 256 ml (1.176 unidades), outras 110 de 473 ml (1.320 unidades), 110 packs de 473 ml (1.320 unidades) e 98 de 269 ml (1.176), totalizando 4.992 latas apreendidas. Também foram apreendidas 18 caixas com água mineral em copos de 300 ml (864 unidades), uma de vodka (12 unidades) e cinco de rum (40 unidades). Nenhuma das bebidas apreendidas eram das marcas liberadas para comércio nos circuitos.
O coordenador de fiscalização da Sedur, Everaldo Freitas, ressaltou que só é permitida a comercialização da cerveja Skol, que é patrocinadora do Carnaval 2019 de Salvador, e outras bebidas da Ambev. Ele aproveitou para apontar as regras para quem quer comercializar durante o Carnaval.
“Vendedores podem realizar o cadastro na sede da Sedur das 8h às 20h, retirando licença para o comércio. Estabelecimentos que já atuam nos locais dos circuitos podem comercializar outras marcas, mas somente no varejo, e não no atacado”, pontuou Freitas.
O coordenador de fiscalização disse que estabelecimentos de outra natureza que não a venda de bebidas também podem retirar licença para montar balcões para a venda de bebidas nos dias de Carnaval. "Todas as regras para a realização do comércio durante o Carnaval estão no Decreto 20.505, de 2009", finalizou.