Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
22 Feb22:02

Quase 200 veículos já passaram pela Central de Vistorias

Serviço é obrigatório para participação na folia e funciona até sexta-feira (24), no Parque de Exposições 

Até o início da tarde desta quarta-feira (22), a Central de Vistorias já havia inspecionado 188 veículos entre trios, minitrios e carros de apoio que vão desfilar durante o Carnaval de Salvador 2017. A ação acontece até está sexta-feira (24), das 8h às 18h, no Parque de Exposições. Só poderão desfilar os veículos que passarem pelo crivo dos técnicos. 

O problema mais comum durante as análises foi referente à iluminação dos veículos. Também são verificados itens de segurança, condições mecânicas e operacionais, equipamentos de prevenção e combate a incêndios, pneus e protetores de rodas, sistemas de freio, documentação do veículo e do condutor e estrutura do posto médico. 

As inspeções são realizadas pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agrimensura (Crea), Departamento de Polícia Técnica (DPT), Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito (Detran), além das secretarias municipais de Ordem Pública (Semop), Fazenda (Sefaz) e Saúde (SMS). O valor pago depende da quantidade de foliões no bloco e da estrutura que a entidade levará para a avenida. 

Limite de som – Os trios elétricos que estiverem com o som acima do permitido podem pagar uma multa que varia de R$ 814,62 a R$ 135.638,00. O limite para os veículos que puxam os blocos é de 110 decibéis. No caso dos blocos infantis, o limite é de 80 decibéis, no máximo. Durante todos os dias de festa, fiscais da Secretaria de Ordem Pública (Semop) vão estar em pontos estratégicos do circuito para realizar a fiscalização do som. 

No Circuito Dodô (Barra/Ondina), as equipes vão ficar no local de saída dos trios, no Farol da Barra e no início do bairro de Ondina. Já no Circuito Osmar (Campo Grande) as vistorias vão acontecer no Campo Grande, Relógio de São Pedro e Praça Castro Alves. Uma equipe rotativa também vai verificar qualquer irregularidade em outros pontos. Denúncias relacionadas ao volume do som pode ser feita através do Fala Folião, no número 156.

© 2017, Prefeitura de Salvador.