Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
04 Feb15:46

Paralisação parcial da Transalvador não vai afetar Carnaval

Prefeito apresenta plano para suprir vagas e faz apelo para que parte dos agentes voltem ao trabalho

O prefeito ACM Neto disse na manhã desta quinta-feira (04), durante coletiva de imprensa no Palácio Thomé de Souza sobre o primeiro dia do Carnaval 2016, que a paralisação parcial dos agentes da Transalvador não vai interferir no ordenamento e fiscalização da festa. Neto garantiu que a Prefeitura terá o efetivo necessário para dar andamento às operações de trânsito da cidade sem prejuízo à população, como aconteceu nesta quarta-feira (04) e também na festa do Rio Vermelho, no dia 2. 

“A Prefeitura definiu desde o ano passado que havia um limite de gastos com operações especiais. Há uma crise econômica no país que precisa ser compreendida. Os agentes que atuam no Carnaval recebem uma remuneração extra, adicional ao salário, e nós limitamos esse valor ao mesmo do ano passado e o sindicato não está aceitando isso”, destacou. O prefeito reforçou que a paralisação é parcial e que parte dos agentes e supervisores do órgão está trabalhando. 

ACM Neto aproveitou para fazer um apelo aos agentes que continuam paralisados para que retornem ao trabalho ainda hoje. “Os trabalhadores que retornarem ainda hoje serão inseridos na operação especial de Carnaval. Já os que não voltarem terão o ponto cortado e estarão fora da escala até a Quarta-feira de Cinzas. Até porque a Justiça já se posicionou e declarou a ilegalidade da greve”, disse. 

Para suprir a falta dos agentes que continuarem parados, a Prefeitura recorrerá ao apoio da Guarda Municipal, que já atuou reforçando as operações de trânsito no primeiro dia da festa. Além disso, caso necessário, serão deslocados até 100 agentes de transporte, ligados à Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), para atuarem no trânsito. “Esses agentes são pessoas experientes e com legitimidade institucional para atuar no trânsito. Essa equipe vai se somar aos agentes e supervisores da Transalvador que não estão em greve e ao efetivo da Guarda Municipal. Portanto, asseguro que teremos o efetivo necessário para garantir tranquilidade em toda a cidade”. 

© 2017, Prefeitura de Salvador.