Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
07 Feb15:24

Palco do Rock consolida diversidade musical do Carnaval de Salvador

A segunda noite do Palco do Rock promete agitar ainda mais o Jardim de Alah, onde o espaço foi montado. Com início das apresentações previsto para às 18h, o palco já é considerado um dos maiores festivais de rock alternativo do país, chegando este ano a sua 22ª edição. A noite de hoje (7) será animada pelas bandas Arcantis, Duppy, Norfist, Umconscious Disturbance, Drearylands, Autpse, Guga Canibal, Hate Embrace e Louder. A programação completa, com horários dos shows, está disponível em www.curtasalvador.com.br.    

Ao todo, 36 bandas passarão pelo palco até a próxima terça-feira (9), que deve reunir 25 mil pessoas nos quatro dias de festa. Nesta edição, o tema escolhido foi a “Saga Esperança”. O espaço, destinado àqueles que não se identificam muito com os ritmos predominantes nos principais circuitos, atraiu centenas ao Jardim de Alah na primeira noite de apresentações. Alguns fãs chegaram a acampar no local. 

O guitarrista Lamarque Castro, da Banda Contrapartida, que ontem abriu o espaço, falou sobre sua participação no festival. “Após quatro anos de atividade tocando apenas em festivais menores, é uma honra ter aberto a primeira noite do palco. É bacana essa iniciativa, já que Salvador é uma cidade com muitos estilos diferentes de música. Não vamos esquecer que o rock nacional nasceu aqui com Raul Seixas”, lembrou. 

Já para Matheus Valadares, baixista da banda Rock Escola – que também se apresentou na primeira noite do espaço –, uma das grandes vantagens é a troca de experiências, já que no Palco do Rock estão presentes grupos musicais de várias partes do país. “Além de tocar, nós também viemos para assistir ao show de outras bandas”, disse. 

Estrutura - Frequentador assíduo do palco, o estudante universitário Fabrício Monteiro gosta do espaço, já que é uma alternativa para sair de casa durante os dias de festa. “Eu não sou muito chegado no repertório da Barra e do Campo Grande, e por causa disso não saia de casa nos dias de festa. Só fui descobrir o palco no ano passado, mas achei fantástico. Você pode conhecer melhor as bandas daqui e as de fora também, conhecer novas pessoas. E tudo com boa infraestrutura”, declarou Fabrício. 

Além das apresentações das bandas, o espaço conta com expositores da gastronomia, tatuagem, vestuário e acessórios. Tudo voltado ao público do festival. “Para nós é ótimo, porque trabalhamos ouvindo a gênero que nos agrada. Estamos com a melhor expectativa possível”, afirmou o empresário Victor Barossi, que, até o a noite da próxima terça-feira (9), estará vendendo camisetas temáticas de diversas bandas de rock e metal, além de acessórios como colares, brincos e pulseiras.  

© 2017, Prefeitura de Salvador.