03 Mar15:41

Número de documentos perdidos durante o Carnaval reduz em 78,8%

Os foliões que curtem o Carnaval soteropolitano têm se destacado não apenas marcando presença na avenida, mas também na conscientização do que realmente deve ser levado na hora de sacudir e pular atrás do trio elétrico. Tanto que em três dias de Carnaval, a Guarda Civil Municipal (GCM) catalogou apenas 25 documentos perdidos, uma redução de 78,8% se comparado ao mesmo período do ano anterior (118).

Esse dado extremamente positivo levando-se em conta, principalmente, o aumento do número de foliões nas ruas. Nos três primeiros dias oficiais de folia, o número de pessoas que utilizaram transporte público ou individual de passageiros (ônibus, táxi e mototáxi) foi de quase 270,1 mil a mais quando comparado ao mesmo período do ano passado (3.865.533 em 2019 contra 3.594.568 em 2018).

“A redução de documentos recuperados pela Guarda é a constatação de que os foliões estão conscientes sobre os cuidados que devem ter nos circuitos, Além disso, estão mais conscientes sobre que tipo de documentos levar para os circuitos”, relata o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência, Maurício Lima.

A dica que a GCM dá para que o folião curta o Carnaval sem dor de cabeça é levar apenas o essencial, ou seja, documento com foto, cartão do SUS e plano de saúde, dinheiro trocado e cartão de crédito e/ou débito. Também é bom evitar bolsas grandes, malas e mochilas. É importante usar embalagens plásticas e pochetes na parte frontal do corpo, evitando bolsos traseiros para não facilitar o roubo dos objetos pessoais.

Onde resgatar - Todos os documentos encontrados pela Guarda Civil Municipal (GCM) já estão disponíveis na sede do órgão, localizada na Avenida San Martin, ao lado do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, das 8h às 17h. A relação de documentos achados é atualizada diariamente e fica disponível no site da GCM (www. gcm. salvador. ba. gov. br).

A Coordenadoria de Ações de Prevenção à Violência da GCM chama a atenção sobre a consulta no site. As pessoas que perderem documentos, em qualquer dia da festa, devem consultar o site do órgão antes de se dirigir à Guarda, para verificar se o nome deste (a) consta na lista, na opção de documentos perdidos.

Todos os itens de identificação pessoal encontrados nas ruas e avenidas durante todo período carnavalesco pelos guardas são higienizados e catalogados no site. Para realizar a retirada, é necessário que seja apresentado algum documento de identificação ou o boletim de ocorrência. Após o final da folia, na Quarta-feira de Cinzas (6), a ação de entrega prossegue até o dia 15, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na base da GCM.