04 Mar15:22

Hoje (04) tem concurso de fantasia LGBT no Carnaval de Salvador

É chegada a hora de brilhar! Glitter, purpurinas, lantejoulas, criatividade e originalidade farão a diferença em um dos momentos carnavalescos mais esperados pelo público gay: o tradicional Concurso Nacional de Fantasia LGBT. A disputa acontece nesta segunda-feira (4 ), a partir das 15h, na Praça Municipal, no Centro Histórico de Salvador.

O desfile, que chega a 22ª edição, tem previsão de término às 21h. A programação também contempla shows artísticos e performances de atores transformistas. O evento, apoiado pela Prefeitura, através da Empresa Salvador Turismo (Saltur), é uma realização do Grupo Gay da Bahia (GGB), Quimbanda Dudu e Centro Baiano Anti-Aids.

Campeã - A vencedora da edição 2018, a transsexual pernambucana Sandra Farias, que é pentacampeã, garante que vai subir ao pódio novamente este ano. Ano passado, encantou os jurados com a fantasia de Colombina em alusão aos antigos carnavais.

Sobre o personagem desta edição, revela que estará fantasiada de Nossa Senhora do Carmo, também conhecida como Nossa Senhora do Monte Carmelo, título dado à Maria, mãe de Jesus, em honra de sua função como padroeira da Ordem Carmelita.

"Minha fantasia tem a predominância do amarelo e muito requinte. Não é fácil ganhar, porque meus concorrentes também são maravilhosos. Mas fico feliz em ter um evento como esse em Salvador, na Bahia, que premia fantasias e dá visibilidade ao povo LGBT", destacou.

Categorias - As categorias se dividem em "luxo" e "originalidade". Serão premiadas as três primeiras fantasias nas duas categorias. Quem vencer na categoria luxo em primeiro lugar leva o cheque de R$ 8 mil. Já em "originalidade", leva R$ 4 mil.

“A premiação é uma forma de incentivo à produção cultural e artística individual,”, disse o presidente do Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira. Para ele, o evento tem melhorado a cada ano.

"É uma honra ter esse apoio do poder publico que tem sido sensível a esse tipo de arte. A Prefeitura é nossa maior parceira. A cada edição temos um evento melhor do que outro. A diversidade é a marca do nosso Carnaval e a Prefeitura está cada vez mais atenta a isso", disse.

Critérios - O critério de eleição das melhores fantasias será por julgamento. Os itens levados em consideração são beleza, elegância, simpatia, desenvoltura na passarela, pedraria, penas, postura e o valor gasto pelo candidato na produção da roupa, especialmente na categoria luxo, a mais esperada do evento. “Tanto em luxo quanto originalidade, é importante avaliar o grau de dificuldade para a realização da roupa”, finalizou Cerqueira.

Na categoria originalidade, o critério mais importante é a semelhança com a ideia principal. Entretanto, nessa categoria é proibido a utilização de materiais preciosos, pedrarias caras, penas raras, entre outros assessórios que possam dá conotação de luxo. De acordo com a produção, as apresentações que envolvam “protesto” e “irreverência”, pautadas em situações da atualidade, terão um olhar especial dos jurados.