Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
10 Feb14:00

Fora de Salvador, baianos mataram as saudades da folia pelas redes sociais

Prefeitura fez cobertura em tempo real da festa através do uso de diversas ferramentas

 

Não é fácil para os filhos da terra do axé music ficarem distante do Carnaval. Nos dias de folia, quem está longe pôde acompanhar tudo não apenas pelas rádios ou TVs, mas também pelas redes sociais da Prefeitura, atenuando a saudade. A estudante Loren Miranda, de 27 anos, é um exemplo disso. Soteropolitana que mora no Rio de Janeiro há dois, ela não conteve a emoção ao ver a publicação do desfile do afoxé Filhos de Gandhy, na Barra, no Facebook da Prefeitura. “Gente, meu coração dói ao ver meu tapete lindo”, comentou. 

Apaixonada por Salvador, ela contou que desfila na escola de samba do Rio para tentar amenizar a dor da saudade, mas já planeja voltar para a capital baiana no próximo ano para cair na festa. Desde os cinco anos, Loren costumava participar do Carnaval baiano. “Painho me levava para o Relógio de São Pedro. Me colocava no alto com minha irmã e ficava no chão com a minha mãe. Depois comecei a sair no bloco Traz a Massa”, recordou. Enquanto não volta para a capital, ela acompanhou a folia deste ano pelas redes sociais.  “A cobertura da Prefeitura está de parabéns. São várias atualizações por dia, sem falar nas transmissões ao vivo de alguns blocos”, elogiou. 

Quem também não ficou um dia sem acompanhar o evento pelo site www.curtacarnaval.com.br e redes sociais da Prefeitura foi o cantor Guga Rei, 34, que vive há 11 anos em Barcelona, na Espanha. Todos os anos ele vem para Salvador no período momesco, mas desta vez não pôde vir por questões profissionais. Guga disse que não ficou de fora da programação, mesmo distante, graças às notificações que recebia das redes da Prefeitura. Guga faz um trabalho de música eletrônica em Barcelona. Ele contou que já indicou Salvador para vários amigos e que os que já vieram adoraram a receptividade do povo baiano.  

Ferramentas - Além do site oficial do Carnaval (http://curtacarnaval.com.br/site/), a cobertura da festa foi feita ainda através do Twitter, Instagram, Flickr e em três contas de Facebook (facebook.com/acmnetooficialfacebook.com/curtacarnaval e facebook.com/prefeituradesalvador). Além disso, a Prefeitura é um dos primeiros órgãos a utilizar o Mentions para transmitir ao vivo o desfile de alguns trios e eventos dentro da festa. 

Na Itália, há cinco anos, a soteropolitana Manuela Silva, 32, disse ter voltado no tempo ao assistir, sábado passado, a transmissão ao vivo do bloco As Muquiranas. “Eu senti uma emoção inexplicável. Estou na Itália, mas meu coração está em Salvador. O calor do povo baiano não se compara ao de nenhum lugar do mundo”, assegurou. 

© 2017, Prefeitura de Salvador.