04 Mar15:24

Foliões do interior baiano curtem Carnaval nos Camarotes Acessíveis

As limitações não impedem nem mesmo pessoas com necessidades especiais de curtirem o Carnaval de Salvador. Principalmente quando a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), viabiliza espaços seguros e confortáveis para este público., por meio dos Camarotes Acessíveis.

A foliã Nilza da Silva saiu da cidade de Irará (distante 135km de Salvador) junto com a amiga Rita Santos para aproveitar a folia. A distância percorrida não foi maior que a alegria de poder participar da festa no Camarote Acessível da Piedade. “Aqui está o maior prazer, uma maravilha, uma alegria sem igual, uma coisa gostosa", comentou.

Pelo quarto ano consecutivo, a cadeirante Maria Deusdeth Pereira, de 87 anos, participa da festa acompanhada pela filha, que tem o nome idêntico ao da mãe. Mas, além do nome, elas têm em comum a paixão pelo Carnaval de Salvador. “Nós fazemos questão de vir todos os anos, o Camarote Acessível é ótimo, a equipe nota mil, educados e atenciosos com todos. Além da localização, segurança, conforto, acontece aqui um misto de solidariedade, respeito e amor. Só temos a agradecer”.

A Prefeitura, por meio da Semps, implantou três Camarotes Acessíveis para pessoas com deficiência e idosos. As estruturas estão localizadas na Piedade (só pessoas com deficiência), Campo Grande (só idosos) e Ondina (pessoas com deficiência e idosos). Para o secretário da Semps, Leo Prates, os espaços asseguram inclusão na folia. "Beneficiamos tanto pessoas da capital quanto do interior. Estamos atingindo os objetivos que nos propusemos com o nível máximo de qualidade, atenção e respeito para os participantes”, comemorou.