Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
26 Feb22:24

Dois blocos são notificados por irregularidades no tratamento aos cordeiros

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Salvador vem atuando no carnaval com a fiscalização da atividade dos cordeiros, bem como com orientação aos trabalhadores informais (catadores de material reciclável e vendedores ambulantes) E no enfrentamento do trabalho infantil. Dos10 blocos inspecionados, dois foram notificados (Cerveja & Cia e Pequeno Príncipe) desde o início da festa por não fornecerem condições mínimas de trabalho preconizadas para o trabalho dos cordeiros.

Em um deles, os cordeiros não estavam com o Equipamento de Proteção Individual (EPI), como luva e sapato fechado. Dos 8.030 cordeiros, 400 estavam sem o EPI. Outra inconformidade encontrada foi o fornecimento inadequado de água e alimentos para os trabalhadores. Durante os primeiros dias de folia nos circuitos Dodô e Osmar, 43 trabalhadores ambulantes e 16 catadores de materiais recicláveis foram orientados sobre trabalho infantil.

O centro também realizou a investigação epidemiológica de 44 casos de trabalhadores atendidos nos módulos de saúde dos circuitos. Desses,11 foram transferidos para unidades de saúde especializadas. Dentre esses casos, quatro foram confirmados como acidente de trabalho grave.Também foram confirmados dois acidentes de trabalho envolvendo adolescentes que estavam realizando atividade de vendedor ambulante.

Foram ainda realizadas inspeções em seis estabelecimentos formais, como restaurantes e lanchonetes, totalizando 71 trabalhadores. As principais inconformidades encontradas em relação à saúde e segurança do trabalhador foram: desconforto térmico, exaustão e ventilação inadequadas, estrutura física e fiações precárias, inadequação de segurança nas escadas, piso escorregadio e uso inadequado de EPI. Os estabelecimentos foram notificados para correção das irregularidades.

© 2017, Prefeitura de Salvador.