Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
06 Feb19:01

Campanha da Contracepção de Emergência ocorre pelo 11º ano no Carnaval

A Secretaria Municipal da Saúde, através da Área Técnica da Saúde da Mulher, realiza pelo 11º ano consecutivo a Campanha da Contracepção de Emergência no Carnaval. O atendimento é realizado nos dez postos instalados nos circuitos oficiais da folia. Todos estão abastecidas com o medicamento e dispõem de profissionais capacitados para o atendimento à mulher que busca proteção. As pacientes também recebem preservativos durante o acolhimento.

Aliadas a estratégia, as pacientes que estiverem suspeitas de exposição ao vírus HIV serão encaminhadas para uma três unidades de urgência do município (UPA Hélio Machado, em Itapuã, UPA  Valéria e 12º Centro de Saúde Alfredo Bureau, no Marback) que realizam a Profilaxia Pós-Exposição (PEP). A medida visa evitar infecção pelo HIV por meio de uso de medicamentos que fazem parte do coquetel utilizado no tratamento da Aids, minimizando as chances de contaminação para pessoas que tiveram contato com o vírus.

Dados da Organização Mundial da Saúde estimam que o aborto é o método mais utilizado para a interrupção da gravidez, representando um grave problema de saúde pública uma vez que as complicações representam o segundo procedimento obstétrico mais realizado no SUS. Em Salvador, de 25 a 30% dos leitos obstétricos do SUS são ocupados para tratamento de complicações resultantes de abortos, que representam a primeira causa de morte materna na cidade.

A prevenção, tanto da gravidez indesejada como das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), são de alta prioridade para a Prefeitura, principalmente no período do Carnaval, devido à vulnerabilidade a que estão expostos os homens e mulheres, sobretudo adolescentes e jovens.

© 2017, Prefeitura de Salvador.