Prefeitura de Salvador
PROGRAMAÇÃO
patrocinador
oficial
27 Jan18:14

Adesivos de trânsito livre do Carnaval têm código de barras contra fraudes

Medida garante mais segurança para os foliões e dificulta ainda mais ação de criminosos

Para inibir a venda ilegal e reduzir fraudes, os adesivos que credenciam moradores do entorno dos circuitos do Carnaval a acessar as zonas de suas residências são dotados de código de barras que identificam o proprietário. Uma sequência de números permitirá à Transalvador verificar para que endereço cada adesivo foi enviado e o nome do responsável por ele.

De acordo com o superintendente Fabrizzio Muller, “o código de barras se soma aos demais elementos de segurança implantados nos anos anteriores”. “Alguns casos de tentativa de venda pela internet estão sendo monitorados pelas autoridades competentes e, no ano passado, um homem foi preso em flagrante tentando vender as credenciais”.

Os adesivos têm outros elementos para evitar falsificação e uso indevido. Além de serem impressos em papel couché, possuem cortes que fazem com que se desmembrem para impedir reutilização. A tarja holográfica na parte inferior, uma imagem reluzente, também inibe a falsificação por meio de cópias. Ao todo, 35 mil imóveis receberam 70 mil credenciais, duas por residência, em cinco áreas de restrição: zonas Vermelha, Amarela, Roxa, Marrom e Verde.Este ano, a região do Largo Dois de Julho foi incorporada à Zona Verde.

Circulação – A circulação será restrita a moradores nas cinco zonas entre 13h e 05h. O adesivo deve ser fixado no para-brisa do veículo ou no tanque de combustível de motocicletas. No período entre 05h e 13h, a circulação é livre, exceto para veículos de carga e descarga, que obedecerão horário regulamentado na portaria do Carnaval.

Para cada uma das cinco áreas de restrição, existirão acessos específicos obrigatórios. Quase 100 barreiras fixas e móveis serão instaladas, a partir das 17h da quarta-feira (03), para garantir conforto e comodidade aos foliões e moradores, ao tempo que delimitam o perímetro da operação de trânsito. Veja abaixo quais são as áreas de restrição:

* Zona Vermelha – Barra/Ondina (área do circuito) e ruas próximas, que são Avenida Oceânica, trecho compreendido entre a Av. Adhemar de Barros e o Farol da Barra, Largo do Farol, Rua Marques de Leão, Rua Afonso Celso, Avenida Sete de Setembro, trecho compreendido entre o Largo do Farol e o Porto da Barra, Morro do Gavazza e vias transversais, Rua Marquês de Caravelas, trecho entre a Av. Oceânica e a Rua Miguel de Burnier, Rua Francisco Otaviano, Rua Professor Fernando Luz, Rua Leoni Ramos, Rua Airosa Galvão, Rua Artur Neiva, Rua Morro do Escravo Miguel, Rua Roschild Moureira e adjacência (lado da praia). O acesso deve ser feito pela curva da Paciência, Avenida Oceânica, Av. Centenário e Av. Princesa Izabel, conforme local da residência.

* Zona Roxa – Barra/Graça (entorno do circuito Dodo), nas seguintes localidades: Graça (lado da orla), Av. Centenário (sentido orla) e Vitória, excluindo o Corredor. Acesso: Av. Centenário, Av. Euclides da Cunha ou Rua da Graça, conforme local da residência.

* Zona Amarela – Ondina/Barra, nas seguintes localidades: Av. Centenário (sentido Barris), Morro do Calabar, Jardim Apipema, Morro do Gato, Sabino Silva, Largo do Camarão (Rua José Mirabeau Sampaio, R. Álvaro Augusto da Silva, Dr. João Garcês Fróes, Rua Professor Clementino Fraga). Acesso: Av. Centenário, Avenida Oceânica ou Av. Garibaldi, conforme local da residência.

* Zona Marrom – Ondina/Rio Vermelho, nas seguintes localidades: Avenida Adhemar de Barros e adjacências, Avenida Oceânica, trecho entre o ISBA e a curva da Paciência, Rua Euricles de Matos, Rua Vila Matos e Travessa Bartolomeu de Gusmão. Acesso: Avenida Oceânica ou Av. Garibaldi, conforme local da residência.

* Zona Verde – Corredor da Vitória, Canela, Campo Grande, nos seguintes logradouros: Corredor da Vitória, Campo Grande (Praça Dois de Julho), Rua Banco dos Ingleses, Rua Araújo Pinho e transversais, Largo Dois de Julho e adjacências. Acesso: Vale do Canela ou Av. Contorno, conforme local da residência.

© 2017, Prefeitura de Salvador.